Como a dança pode ajudar as pessoas com deficiência

Atividades adaptadas para alunos com deficiência intelectual
28 de June de 2019
Artesã cria bonecos de pano que retratam inclusão e representatividade de criança com deficiência
5 de July de 2019
Mostrar tudo

Como a dança pode ajudar as pessoas com deficiência

petitedanse.com.br

Como a dança pode ajudar as pessoas com deficiência

Fonte: Pinterest

Que a dança é um exercício físico completo e ajuda a manter o corpo e a mente em dia nós já sabemos. O que muita gente não sabe é que dançar pode ajudar muito pessoas com todo tipo de deficiência, seja física ou mental. Veja como a dança pode ajudar as pessoas com deficiência.

O que ocorre é que ainda há muito preconceito com pessoas com deficiência. Porém, a verdade é que essas pessoas podem ser muito ativas, principalmente quando estimuladas através de atividades artísticas, como é o caso da dança. Mais do que um exercício, dançar também é uma forma de expressão, algo extremamente útil para pessoas com deficiência.

Nem sempre as pessoas com deficiência conseguem se expressar através da fala, dessa forma é através da dança que demonstram suas formas de expressão das mais simples até as mais complexas. Mostrando não só seus talentos, mas também como se sentem em relação ao mundo e a sua própria condição, além de um nível de superação impressionante. E isso pode dar origem a algo realmente emocionante.

Para além de todos os benefícios que a dança traz para o corpo, como a melhora da resistência física, aumento da flexibilidade e definição do tônus muscular, ela também ajuda a adquirir mais consciência sobre o próprio corpo, algo fundamental para uma pessoa com deficiência. Ao ter mais conhecimento sobre seu físico, ela pode também desenvolver suas habilidades artísticas.

Aprender a dançar ajuda a aprimorar a própria imagem, estimulando uma consciência corporal que leva a um aumento da criatividade e da habilidade em se expressar, o que nem sempre é fácil para uma pessoa com deficiência. Tudo isso pode levar a uma melhor autoafirmação e melhora da autoestima.

Pessoas com deficiência que praticam dança

Fonte: Dancing Dreams

Por ser na maioria das vezes praticada como uma atividade em grupo, a dança estimula o convívio e comunicação. Estar em contato com outras pessoas sempre ajuda a aprender a lidar com as diferenças e fazer amigos, o que é importante para viver em sociedade.

A dança cria uma sensação de bem-estar que traz vários benefícios ao deficiente, principalmente ao permitir e estimular uma maior integração entre pessoas com e sem deficiência.

Ao colocar o corpo em movimento através de uma estruturação mais adequada de exercícios, as pessoas portadoras de deficiência desenvolvem suas habilidades motoras e psíquicas.

Dançarinas com deficiência

Fonte: People and Places

Ao tratar uma pessoa portadora de deficiência de forma mais humana e igualitária, ela acaba se sentindo parte do grupo, o que faz com que ela tenha uma vida mais plena e feliz.

Gerar essa possibilidade de troca e expressão faz da dança uma verdadeira terapia que pode ser praticada por pessoas de todas as idades, independente de suas limitações.

ONG Sorriso Novo
ONG Sorriso Novo
Olá! A ONG Sorriso Novo é uma organização sem fins lucrativos e nasceu do sonho de seus fundadores em difundir ações solidárias nas mais diversas áreas, tais como: saúde, artes em geral, infância e adolescência, esporte, congressos e palestras, educação de pessoas carentes, idosos, população de rua, comunidades carentes. Desde 2001 temos atuado no Complexo da Maré promovendo diversas contribuições às famílias da comunidade. Com pouco mais de 10 crianças deficientes apadrinhadas, atualmente buscamos firmar projetos e parcerias a fim de aumentar o nosso alcance e ser capaz de oferecer maior assistência a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *