Artesã cria bonecos de pano que retratam inclusão e representatividade de criança com deficiência

Como a dança pode ajudar as pessoas com deficiência
3 de July de 2019
Mães criam marca de roupa adaptada para crianças com deficiência com o objetivo de facilitar o dia a dia
11 de July de 2019
Mostrar tudo

Artesã cria bonecos de pano que retratam inclusão e representatividade de criança com deficiência

cartacampinas.com.br

Da prática artesanal, um projeto representativo surge para falar sobre diferenças. Criado por Cristiane Mendonça, 41, os “Amigos da Inclusão” representam crianças com algum tipo de deficiência física, seja motora, visual ou auditiva.

(imagens – divulgação)

Pelas mãos de Cristiane, bonecos e bonecas de pano são criados para levar a diversão e o conhecimento sobre o ser diferente. Ao mesmo tempo, a artesã conseguiu inserir na discussão familiar um tema relevante: a representatividade.

Isso porque os “Amigos da Inclusão” fazem justamente isso, eles representam diferentes crianças, cada qual com sua característica singular. O projeto, que funciona desde 2015, começou após Cristiane receber uma encomenda para criar um boneco para o Guilherme.

“A ideia surgiu quando uma amiga me pediu que fizesse um boneco que tivesse as características físicas das crianças com síndrome de Down. No momento da entrega da encomenda, minha filha estava presente e não parava de olhar para o Guilherme que tem Síndrome de Down. Nesse momento, eu percebi que ainda não havia conversado com ela sobre crianças com deficiência e sobre as diferenças”, conta Cristiane Mendonça.

E aos poucos, a artesã começou a transformar seus bonecos de pano na oportunidade de empoderamento e representatividade de crianças com algum tipo de deficiência. O sucesso dos “Amigos da Inclusão” não ficou restrito aos lares, conseguindo chegar, inclusive, nas escolas, gerando debate e conscientização sobre a importância em se falar sobre a inclusão.

“Minha maior conquista é ver hoje minha filha mostrando para seus amiguinhos que não devemos ficar presos à deficiência e sim ver que aquela criança é igual a ela e que pode ser o que ela quiser dentro das limitações de cada um. Também encaro como uma grande conquista ver nossos “Amigos da Inclusão” indo para as escolas.”, diz a artesã.

Vários tipos de deficiência são representados com algum boneco ou boneca de pano. Dentre eles, bonecas cadeirantes, com muletas, com fissura labiopalatina, Síndrome de Down, nanismo, albinismo, deficiência visual ou auditiva, vitiligo e bonecas com calvície autoimune. Além desses modelos de bonecos, há ainda os que representam crianças afrodescendentes, destacando a cultura e tradições.

Todos os “Amigos da Inclusão” são disponibilizados para venda no site da artesã, o Bottega das Artes. Através do site, Cristiane apresenta diferentes modelos de bonecos confeccionados, como também comenta sobre a participação em projetos de caráter social. “Nós apoiamos a ONG Saúde Criança Ilha, que fica no Hospital Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Fazemos doações de bonecas com fissura labiopalatina para as famílias assistidas e as crianças. Também revertemos um percentual da venda de cada boneca com fissura labiopalatina”, conta ela.

A atuação social também se estende às famílias das crianças participantes do projeto Saúde Criança Ilha, as quais se encontram necessitadas de assistência e acolhimento. “Nós usamos todo nosso material e tentamos recrutar voluntários para a produção dos bonecos. Procuramos ajudar na divulgação do trabalho realizado, que é extremamente necessário, pois existe uma preocupação não só com a criança, mas com toda família, que muitas vezes se encontra em total situação de vulnerabilidade.”, conta Cristiane.

Periodicamente, a artesã participa também de eventos especiais realizados pelo Hospital Nossa Senhora do Loreto, no RJ, auxiliando a ONG angariar fundos para os tratamentos das crianças com fissura labiopalatina.

Junto com a missão de promover a representatividade e empoderamento de crianças com algum tipo de deficiência, Cristiane prevê também o brincar pedagógico com tais bonecos, produtos da linha “Amigos da Inclusão. “É por meio da brincadeira que a criança vivencia as relações sociais e cria valores como compreensão e respeito, fundamentais no caminho para uma cultura de paz. Os bonecos expandem nossa consciência, inspiram e ajudam a despertar o sentimento de empatia e amizade.”, explica ela.

Além de bonecos “Amigos da Inclusão”, Cristiane adora produzir outros que representam personalidades importantes para a história, como personagens do folclore brasileiro ou de histórias de livros. Dentre os que se destacam, há o boneco Zumbi dos Palmares, a boneca Fridinha, Iara, o Pequeno Príncipe e até bonecos que representam crianças com câncer.

ONG Sorriso Novo
ONG Sorriso Novo
Olá! A ONG Sorriso Novo é uma organização sem fins lucrativos e nasceu do sonho de seus fundadores em difundir ações solidárias nas mais diversas áreas, tais como: saúde, artes em geral, infância e adolescência, esporte, congressos e palestras, educação de pessoas carentes, idosos, população de rua, comunidades carentes. Desde 2001 temos atuado no Complexo da Maré promovendo diversas contribuições às famílias da comunidade. Com pouco mais de 10 crianças deficientes apadrinhadas, atualmente buscamos firmar projetos e parcerias a fim de aumentar o nosso alcance e ser capaz de oferecer maior assistência a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *