Crianças deficientes visuais realizam atividades sensoriais na Chácara Turma da Mônica

Projeto de Lei quer proibir discriminação à criança com deficiência no ambiente educacional
27 de February de 2019
Ações para a inclusão de crianças com deficiência pautam debate em painel
15 de March de 2019
Mostrar tudo

Crianças deficientes visuais realizam atividades sensoriais na Chácara Turma da Mônica

REDAÇÃO – O ESTADO DE S.PAULO

Ao lado da personagem Dorinha, elas conheceram o restaurante temático da turma

Crianças interagem com a personagem Dorinha.

Crianças interagem com a personagem Dorinha. Foto: Vinicius Campos / Divulgação

Doze crianças com deficiência visual visitaram a Chácara Turma da Mônica, primeiro restaurante temático da turma, localizado na zona oeste de São Paulo, na última quinta-feira, 21. As crianças são de Santos, litoral de São Paulo, e participam do Lar das Moças Cegas, instituição que promove a evolução social de deficientes visuais e completa 76 anos no mês de abril.

As crianças foram recebidas por Dorinha, integrante da ‘Turma da Mônica’ desde 2004, que é deficiente visual. O nome da personagem foi inspirado em Dorina Nowill, mulher que perdeu a visão ainda criança, mas enfrentou o problema e foi um exemplo de força de vontade e simpatia.

Por meio de atividades sensoriais, as crianças se divertiram ao lado de Dorinha e apuraram sentidos como tato, olfato e paladar. Na atividade ‘Cozinha da Magali’, por exemplo, fizeram lanchinhos no espeto utilizando frutas para sentir suas texturas e aromas.

Dorinha é uma personagem da Turma da Mônica com deficiência visual.

Dorinha é uma personagem da Turma da Mônica com deficiência visual. Foto: Vinicius Campos / Divulgação

ONG Sorriso Novo
ONG Sorriso Novo
Olá! A ONG Sorriso Novo é uma organização sem fins lucrativos e nasceu do sonho de seus fundadores em difundir ações solidárias nas mais diversas áreas, tais como: saúde, artes em geral, infância e adolescência, esporte, congressos e palestras, educação de pessoas carentes, idosos, população de rua, comunidades carentes. Desde 2001 temos atuado no Complexo da Maré promovendo diversas contribuições às famílias da comunidade. Com pouco mais de 10 crianças deficientes apadrinhadas, atualmente buscamos firmar projetos e parcerias a fim de aumentar o nosso alcance e ser capaz de oferecer maior assistência a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *