Fotógrafa de Farroupilha cria projeto para valorizar crianças com deficiência

Evolução clínica de crianças com deficiência fica comprometida pela pandemia
9 de September de 2020
Como é o processo de alfabetização de uma criança com Deficiência Intelectual?
16 de September de 2020
Mostrar tudo

Fotógrafa de Farroupilha cria projeto para valorizar crianças com deficiência

Fernanda Sousa registra os pequenos vestidos de super-heróis, heroínas ou personagens encantados no “Fotografando Anjos”

 Andressa Oestreich para o pioneiro.clicrbs.com.br
Fotógrafa de Farroupilha cria projeto para valorizar crianças com deficiência Fernanda Sousa/Divulgação

Vitória Rabello Noronha, de seis anos, foi a primeira criança a participar do projeto Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

Fotografar crianças com histórias de superação, que lutam todos os dias sem perder a fé e a esperança. E, para além disso, contar a trajetória de vida desses pequenos, para que outras pessoas sintam-se inspiradas e gratas à vida. Foi com essa intenção que a fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, desenvolveu o projeto Fotografando Anjos, que registra, sem qualquer custo, crianças que possuem alguma deficiência, sem distinção ou seleção, vestidos com roupas de super-heróis, heroínas ou personagens encantados.

– A ideia inicial era trabalhar com idosos, mas quando conheci a Vitória (essa lindona da foto acima), quis trabalhar com crianças. Eu participei um pouco da história da mãe dela. E é uma história de superação, de milagre. A Vitória nasceu sem esperança de vida. Então, através disso, eu pensei nesse projeto para poder levar às pessoas essas histórias, mostrar que existem situações difíceis, sim, mas que essas famílias lutam muito e são felizes – explica.

Vitória Rabello, de 6 anos, posou para o projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha.<!-- NICAID(14586035) -->

Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

A Vitória foi a primeira criança a participar do ensaio. A mãe dela, Maria Paula Rabello, estava no final de um tratamento contra um câncer de mama quando descobriu que estava grávida de 31 semanas. Foi neste mesmo dia que a menina nasceu. Foram oito meses na UTI do hospital até que a pequena pudesse ir para casa. Como sequelas, a Vitória traz um série de limitações e um diagnóstico ainda inconclusivo para os médicos. Mas, de lá para cá, já se passaram seis anos, recheados com muito amor, luz e momentos de superação.

– A Vi é algo inexplicável, é o amor da minha vida. Por onde ela passa, irradia amor e luz. Qualquer um que a vê, que conhece a Vi, me diz que ela é uma criança muito especial, não por causa das limitações, mas pela criança feliz que ela é – emociona-se Paula, ao destacar a importância do projeto: – Tem muitas mães que não querem expor as dificuldades dos filhos, não por preconceito, mas por medo de como as pessoas vão receber isso, mas a Fernanda coloca de um jeito muito bacana, que valoriza essas histórias.

Para colocar essa iniciativa linda em prática, a Fernanda conta com o apoio da Realizare Festas e Eventos. Quem tiver interesse em participar do projeto, pode entrar em contato pelo @fersousafotografia, no Instagram. Por lá, também dá para conferir um pouco do trabalho da fotógrafa e as histórias das crianças que já participaram (veja mais fotos abaixo).

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Yasmin Silveira Nogueira, de 4 anos.<!-- NICAID(14586267) -->

Yasmin Silveira Nogueira, de 4 anos, mantém um canal no Youtube (@Ysi Yasmin) e um perfil no Instagram (@yasminysi_nogueira)Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Yasmin Silveira Nogueira, de 4 anos.<!-- NICAID(14586265) -->

Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Ada Heloísa do Nascimento Rodrigues, de 5 anos.<!-- NICAID(14586248) -->

Ada Heloísa do Nascimento Rodrigues, de 5 anosFoto: Fernanda Sousa / Divulgação

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Ada Heloísa do Nascimento Rodrigues, de 5 anos.<!-- NICAID(14586247) -->

Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Rafael Maicá Ferreira França, de 2 anos.<!-- NICAID(14586256) -->

Rafael Maicá Ferreira França, de 2 anos e quatro mesesFoto: Fernanda Sousa / Divulgação

Projeto Fotografando Anjos, da fotógrafa Fernanda Sousa, de Farroupilha, registra crianças com alguma deficiência vestidos com roupas de superheróis, heroínas ou personagens encantados. Na foto, Rafael Maicá Ferreira França, de 2 anos.<!-- NICAID(14586253) -->

Foto: Fernanda Sousa / Divulgação

ONG Sorriso Novo
ONG Sorriso Novo
Olá! A ONG Sorriso Novo é uma organização sem fins lucrativos e nasceu do sonho de seus fundadores em difundir ações solidárias nas mais diversas áreas, tais como: saúde, artes em geral, infância e adolescência, esporte, congressos e palestras, educação de pessoas carentes, idosos, população de rua, comunidades carentes. Desde 2001 temos atuado no Complexo da Maré promovendo diversas contribuições às famílias da comunidade. Com pouco mais de 10 crianças deficientes apadrinhadas, atualmente buscamos firmar projetos e parcerias a fim de aumentar o nosso alcance e ser capaz de oferecer maior assistência a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *