Instituto Braille ajuda a desenvolver brinquedos para crianças cegas

Inclusão social e os seus grandes desafios
10 de March de 2021
Mães de crianças com deficiência podem ganhar ESTE benefício no mercado de trabalho
17 de March de 2021
Mostrar tudo

Instituto Braille ajuda a desenvolver brinquedos para crianças cegas

Proposta é que a criança com deficiência visual tenha contato com o sistema Braille desde o começo da vida

Produção dos brinquedos contou com a participação de funcionários do instituto jundiaiense (Foto: Divulgação/Luiz Braille)

O Instituto Jundiaiense Luiz Braille de Assistência ao Deficiente da Visão foi responsável por ajuda na produção inédita de brinquedos para crianças cegas. A pedagoga Keite Coutinho e o psicólogo Gilson Modesto, funcionários da entidade, ajudaram nos detalhes de produtos com partes em relevo e linguagem em Braille criados pela fábrica Cardoso Toys.

“A equipe de desenvolvimento da empresa nos procurou e ajudamos em cada detalhe dos brinquedos”, contou Keite. Segundo ela, as peças adaptadas contam com alfabeto e número em Braille, além de formas geométricas e diferentes recursos pedagógicos.

“A proposta é que a criança com deficiência visual tenha contato com o sistema Braille desde o começo da vida, auxiliando na aprendizagem, coordenação motora e reconhecimento de números, além de estimular a imaginação e o universo lúdico”, afirmou a profissional.

A Cardoso Toys é a primeira fábrica brasileira de brinquedos de plástico a lançar produtos com Braille. A coleção, que se chama Baby Land, conta com diversos tipos de brinquedos, como caminhões, mesa de atividades e baldinhos, entre outros. “A ajuda da Keite e do Gilson foi essencial para que a empresa concretizasse o projeto conforme havia idealizado, ou seja, o de produzir brinquedos que realmente contribuam para o desenvolvimento das crianças com deficiência”, declarou a fábrica, em nota.

Keite e Gilson, com os brinquedos doados (Foto: Divulgação/Braille)

Como forma de agradecimento, a Reabilitação recebeu doações dos brinquedos – que serão utilizados nas terapias com os assistidos. “É emocionante ver o brinquedo aqui, em nossas mãos, após ter participado de todo este processo. Ganham a inclusão e as crianças com deficiência visual, pois o brincar é essencial para o desenvolvimento infantil”, avalia Modesto.

Atendimento

Referência em reabilitação de pessoas com deficiência visual, o Instituto Jundiaiense Luiz Braille de Assistência ao Deficiente da Visão atende uma média de cem pessoas com deficiência visual que buscam a inclusão ou a readaptação à sociedade.

Para isso, conta com uma equipe composta por pedagogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social e professor de orientação e mobilidade. “É uma honra fazer parte da equipe da Reabilitação do Instituto Jundiaiense Luiz Braille, que abre as portas para projetos incríveis como este”, comemora Keite.

O Braille também atua na área de Oftalmologia, com consultas, exames e cirurgias realizados via SUS, por intermédio da Prefeitura de Jundiaí.

ONG Sorriso Novo
ONG Sorriso Novo
Olá! A ONG Sorriso Novo é uma organização sem fins lucrativos e nasceu do sonho de seus fundadores em difundir ações solidárias nas mais diversas áreas, tais como: saúde, artes em geral, infância e adolescência, esporte, congressos e palestras, educação de pessoas carentes, idosos, população de rua, comunidades carentes. Desde 2001 temos atuado no Complexo da Maré promovendo diversas contribuições às famílias da comunidade. Com pouco mais de 10 crianças deficientes apadrinhadas, atualmente buscamos firmar projetos e parcerias a fim de aumentar o nosso alcance e ser capaz de oferecer maior assistência a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *